AT Oligo Mineral – 30 Saquetas

29,50

Multimineral, fonte importante de cálcio, magnésio e fibra


REF: 09 50 11

Categoria:

  • Descrição

    O At Oligo Mineral é uma fonte revolucionária de Cálcio, Magnésio e mais de 74 oligoelementos obtido da alga marinha Lithothamnion. A sua fórmula foi potencializada pela ação do Cacau e da Inulina. Uma das melhores fontes de magnésio da natureza é o Cacau.

    Sabemos que o magnésio é essencial para que o cálcio se deposite nos ossos e para muitas outras funções, como para criar novas células, o bom funcionamento dos rins e do coração, a produção de energia e a digestão, um bom funcionamento do sistema nervoso e muscular e para ativar o cérebro e o Sistema Nervoso Central.

    Sabemos também que cada vez é mais difícil de obter o magnésio apenas pela alimentação, devido ao consumo de alimentos cada vez mais refinados.

    Os principais sintomas de carência de magnésio são: fadiga, irritabilidade, dor de cabeça, cãibras, palpitações, dormências, fragilidade de unhas e cabelos…

    O MAGNÉSIO é recomendado para quem tem:
    Défice de cálcio e/ou magnésio. Ou seja para quem não come alimentos integrais, frutas, legumes em quantidade suficiente, e/ou também para quem não come laticínios ou come laticínios demais. É de salientar que mesmo os alimentos integrais já não têm o magnésio que deviam pela pobreza dos solos e uso de produtos químicos.

    Hipertensão – O magnésio é um potente inibidor da contração do tecido vascular liso e desempenha um papel muito importante no controle da pressão arterial, como vasodilatador. Pode ajudar a controlara pressão arterial em doentes hipertensos que tomam diuréticos com regularidade, ou que têm uma dieta pobre em magnésio.

    Diabetes Mellitus– Cerca de 25 a 35% dos indivíduos com diabetes insulino-dependente ou não insulino-dependente apresentam baixos níveis de magnésio, o que demonstrou aumentar a resistência à insulina e deste modo, dificultar o controlo da glicemia.

    Falta de energia – As enzimas que produzem a energia são dependentes de magnésio, o que significa que uma deficiência pode resultar em falta de energia crónica. Muitos dos doentes que sofrem de fadiga crónica têm um nível reduzido de magnésio nos glóbulos vermelhos e a utilização de suplementos de magnésio parece ajudar a reduzir essa fadiga e aumenta os níveis de energia.

    Stress – Estudos conhecidos demonstram uma ligação entre a deficiência de magnésio e a depressão. Pessoas que sofrem de ansiedade e outras desordens nervosas mostraram ter

    deficiências de magnésio significativas. O magnésio combate o stress porque tem propriedades tranquilizantes naturais, principalmente quando combinadas com o cálcio.

    Problemas cardiovasculares – O magnésio melhora a situação cardíaca, prevenindo problemas cardiovasculares, por isso é fundamental para manter um sistema circulatório saudável.

    Osteoporose – Níveis baixos de magnésio provocam a diminuição dos níveis de cálcio, resistência à ação da hormona paratiróide e da vitamina D. Todos estes fatores podem levar ao aumento da perda de massa óssea.
    Osteoartrites – A falta de magnésio, leva à deposição de ácido úrico nas articulações, pois os rins necessitam de magnésio para eliminar o ácido úrico.

    Problemas gastrointestinais – Diarreias prolongadas, síndromes de má absorção e remoção cirúrgica de parte do intestino.

    Problemas renais – Diabetes e uso prolongado de diuréticos resultam numa eliminação aumentada de magnésio.
    Alcoolismo – Dieta pobre e desequilibrada, problemas gastrointestinais, perdas de magnésio pela urina, todos estes factores contribuem para que os doentes alcoólicos possam apresentar carência em magnésio.

    3º idade – Uma vez que a absorção intestinal do magnésio tende a diminuir com a idade, e a eliminação urinária a aumentar, é aconselhável uma suplementação de magnésio para pessoas mais idosas.

    E ainda, no caso de:
    • Consumo excessivo de gorduras saturadas, laticínios e proteínas na alimentação diária;
    • Prática de desporto ou de exercícios de alta intensidade, que provocam muita sudorese;
    • Regimes de emagrecimento prolongados;
    • Uso habitual de diuréticos e ou de laxantes;
    • Mulher que faz uso regular de pílulas anticoncecionais ou reposição de estrógeno;
    • Dietas ricas em açúcar e sal;
    • Consumo elevado de produtos à base de Cálcio.
    • Manutenção de uma pele saudável, pois é fundamental na formação do colagénio e benéfico em casos de acne, psoríase e eczemas.

    MODO DE TOMAR: Toma diária 2 saquetas / dia (10gr).

  • Informação adicional

    Peso

    160 g

    Peso Líquido

    150 g